As últimas do esporte – Programa Dário de Paula – 14/12/2018

A CBF sorteou, na noite desta quinta (13), em sua sede, no Rio de Janeiro, os duelos da primeira fase da Copa do Brasil 2019. A competição terá início no dia 6 de fevereiro, com as finais sendo disputadas nos dias 4 e 11 de setembro. Entres os clubes do Rio que participam desta primeira fase, o Fluminense jogará contra o River, no Piauí; o Vasco contra o Juazeirense, na Bahia; e o Botafogo contra o Campinense, na Paraíba.

 

A edição será disputada nos moldes da de 2018: primeira fase com jogo único e mando de campo do clube pior ranqueado, com o visitante jogando pelo empate. A segunda fase continua também sendo em jogo único, com os mandos definidos por sorteio. Nessa etapa, empate leva a decisão para os pênaltis. A terceira fase já será no esquema de mata-mata (ida e volta). Quando ela terminar, haverá um novo sorteio entre os 10 clubes que sobraram. Eles disputam a quarta fase, também em mata-mata. Depois, os cinco que sobrarem vão se juntar aos 11 times que entram diretamente nas oitavas de final. São eles Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo, Atlético-MG, Cruzeiro e Atlético-PR (todos na Libertadores), Sampaio Corrêa (campeão da Copa do Nordeste), Paysandu (campeão da Copa Verde) e Fortaleza (campeão da Série B).

 

FLAMENGO – Meio-campo, jovem, 21 anos e talentoso. Se o Flamengo perdeu seu titular Lucas Paquetá para o futebol italiano, é exatamente lá que vai tentar buscar um substituto: Gerson, cria do Fluminense, que pertence a Roma e está emprestado atuando na Fiorentina. Dois empresários estão na capital italiana conversando pela liberação do atleta.

 

VASCO – O lateral-esquerdo Danilo Barcelos é uma das possibilidades de reforço do Vasco para 2019. A diretoria negocia a contratação do jogador, que disputou a Série B pela Ponte Preta e tem contrato com o Atlético-MG até 2020. Inicialmente, a ideia é trazer o jogador por empréstimo.

 

FLUMINENSE – De olho na transição entre a base e o profissional, e na maturação tardia de alguns jogadores, o Fluminense pretende ter um time de aspirantes em 2019. O projeto está sendo encabeçado pelo diretor executivo de futebol do clube, Paulo Angioni. Seria um espaço para jovens que estouraram a idade dos juniores e estão sem espaço no profissional. Algo paralelo ao que o Fluminense já faz com o Samorin, na Eslováquia. O atacante Caique, do Guarani, que tem pré-contato com o Tricolor, já viria dentro desse pensamento. Segundo Angioni, o Fluminense ainda avalia se a contratação vale a pena ou não.

 

BOTAFOGO – Assim como aconteceu esse ano, o Botafogo resolveu fazer a pré-temporada de 2019 no Estádio Nilton Santos, precisamente no campo anexo, que está sendo reformado. O sonho do Botafogo era fazer a preparação para a temporada no CT, em Vargem Grande, que foi adquirido em abril desse ano, mas uma série de problemas documentais acabou atrasando o planejamento do clube. A ideia inicial era aproveitar o segundo semestre para reformar todo o espaço e aumentar o número de campos do local, mas até agora quase nada foi feito. Devido à crise financeira, a reforma do CT será feita aos poucos e pode demorar alguns anos até ficar 100% pronta.

 

VOLTAÇO – O clube negociou uma de suas promessas: Pablo, volante de 21 anos, foi negociado em definitivo com o Confiança, de Sergipe. Em reta final de contrato com o Voltaço, o jogador recebeu proposta vantajosa e chegou a um acordo para embarca rumo ao Nordeste. Inicialmente o Volta Redonda mantém 60% dos direitos econômicos do atleta. O percentual, entretanto, será reduzido com o tempo, baixando até 30% com o passar das próximas temporadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *