STF revoga autorização de entrevista com ex-presidente Lula

Ex-presidente Lula participa da 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A queda de braço continua entre os Ministros do Supremo Tribunal Federal por causa do pedido do jornal FOLHA DE SÃO PAULO para entrevistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

Depois da autorização do Ministro Ricardo Levandowsky o ministro Luiz Fux, vice-presidente, no exercício da presidência, revogou a autorização.

Na noite passada foi a vez do presidente da Suprema Corte entrar no processo. O Ministro Dias Toffoli decidiu manter a liminar concedida por Luiz Fuxsuspendendo a entrevista. O presidente do STF respondeu a um questionamento feito por Raul Jungmann sobre qual decisão deveria ser cumprida. O texto, divulgado pelo site O ANTAGONISTA é o seguinte:

“Diante da solicitação, a fim de dirimir a dúvida no cumprimento da determinação desta Corte, cumpra-se, em toda a sua extensão, a decisão liminar proferida em 28/9/18 pelo vice-presidente da Corte, Luiz Fux, no exercício da Presidência, nos termos regimentais, até posterior decisão do Plenário”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *